00:00
19° | Poucas Nuvens

Análise genética dos embriões

As células embrionárias são enviadas ao laboratório para análise genética (Foto: Divulgação)

Publicado em 19/06/2017

Dentre as técnicas de fertilização in vitro, o screening genético pré implantacional ou, simplesmente, PGS, tem ganhado bastante notoriedade. Esse exame consiste na análise genética dos embriões, com o objetivo de evitar certas alterações genéticas e aumentar as chances de sucesso dos tratamentos de reprodução assistida.

Após a fertilização dos óvulos, os embriões são incubados. Depois de 5 a 7 dias após a fertilização, o embriologista irá remover um pequeno número de células da região embrionária que se tornará a placenta. Esse processo chama-se biópsia embrionária e não causa nenhum dano ao embrião. As células retiradas são enviadas ao laboratório para análise genética. Os embriões permanecem seguros na Clínica de Reprodução Assistida.

O PGS é recomendado para aquelas pessoas com histórico de doenças hereditárias, idade materna avançada, repetidos abortos, repetidas falhas de implantação, fator masculino severo e casais que já apresentaram anomalia genética em gestação anterior. Quanto mais avançada a idade da mãe, maiores as chances das crianças nascerem com algum problema congênito, como a Síndrome Down, por exemplo.

A ciência vem dando passos largos em direção à redução dos riscos. Esta tecnologia, hoje, permite o uso de diversos mecanismos para ajudar pessoas a poderem realizar o sonho da maternidade. Ainda, essa técnica pode ser utilizada para a escolha do sexo, mas apenas quando o casal tem alguma doença hereditária ligada ao sexo, como por exemplo, hemofilia.

Espera-se que com a aplicação e desenvolvimento do método, diminua-se a probabilidade de gestação múltipla e haja o aumento de resultados positivos, reduzindo-se também os casos de aborto, que se devem principalmente às alterações do número de cromossomos (estruturas que contêm o nosso material genético). O PGS, como qualquer técnica, não garante 100%, mas as taxas de acerto são bem altas.

Serviço

Clínica Fecondare
Rua Menino Deus, 63 - Baía Sul Medical Center, sala 12 - Centro
(48) 3024-2523 - www.fecondare.com.br
Responsável técnico: Ricardo Nascimento - CRM/SC 3198 - RQE 2109

 


Sobre o autor

Dra. Ana Lúcia Bertini Zarth

Ana Lúcia é médica ginecologista da clínica Fecondare


Ver outros artigos escritos?