00:00
21° | Nublado

O fitness na linguagem da dança

(Foto: Divulgação)

Publicado em 26/09/2017

A Companhia de Dança Déborah Colker virá a Florianópolis nos dias 21 e 22 de outubro para apresentar seu espetáculo “Cão sem Plumas”. Criada em 1994 pela coreógrafa que dá nome ao grupo, a companhia já se apresentou em diversos países e Déborah Colker recebeu, em 2001, o prêmio Laurence Olivier Award, na Grã Bretanha, o mais importante prêmio europeu nas artes cênicas. Em 2009, Déborah foi convidada a dirigir um espetáculo do Cirque du Soleil, dada à sua capacidade de inovação na linguagem da dança! O próprio Cirque du Soleil é um exemplo e tanto da transformação do circo pois deu ao movimento humano um protagonismo jamais visto em espetáculos circenses anteriores. A coreógrafa foi a responsável pela abertura dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, mais uma vez enaltecendo que arte e esportes são áreas da expressão do movimento.

A busca pela inovação, portanto, tem dado o tom à atividade humana contemporânea e, no segmento fitness, não poderia ser diferente. Além dos já conhecidos e eficientes métodos de treinamento, as novidades não param de surgir. Se o balé já foi considerado uma atividade que deveria ser iniciada cedo na infância, hoje em dia há muitas chances de pessoas adultas viverem ou reviverem o encanto dos bailarinos: são as aulas de Power Ballet, em que os exercícios comumente executados pelos bailarinos para garantir força, flexibilidade e leveza no palco são utilizados em aulas super eficientes para pessoas de todas as idades sem, no entanto, o compromisso das apresentações. Trata-se do treinamento característico do balé desenvolvido ao longo de anos de história desse estilo, disponível para quem quiser experimentar. O resultado é um corpo forte, flexível e suave!

Também a dança contemporânea, que como nos espetáculos de Déborah Colker, agrega a energia de gestos esportivos, torna-se uma opção de treinamento para quem quer complementar modalidades conhecidas no universo fitness. A High Intensity Dance Mix traz a proposta de unir coreografias e gestos esportivos comumente executados nas artes marciais e nos esportes em uma aula vibrante, energética e totalmente sincronizada com músicas de batidas bem marcadas, misturadas em coreografias altamente criativas, mas fáceis de aprender.

Enfim, Power Ballet e High Intensity Dance Mix, duas modalidades perfeitas para trabalhar corpo e mente ao mesmo tempo, numa proposta mindfulness, em que os resultados no condicionamento físico são obtidos através de uma entrega prazerosa à dança, à descoberta de novas possibilidades individuais que, talvez, não fossem reveladas senão pela mágica que envolve cada movimento humano e a liberdade de mover-se com ritmo, com arte, com leveza! Somos livres e festejamos nosso corpo e nossa liberdade dançando! Vem!

 


Sobre o autor

Suzana Dallanhol

Suzana Dallanhol é especialista em Fisiologia do Exercício, mestre em Psicologia e diretora da Academia Better You


Ver outros artigos escritos?