00:00
17° | Poucas Nuvens

A performance do Godzilla
Modelo conhecido por ser um dos mais rápidos do mundo, GT-R chega ao Brasil

A versão 2017 teve os principais itens de performance da condução aprimorados, entre eles o chassi e o potente motor biturbo V6 3.8 24 válvulas (Foto: Divulgação)

Publicado em 04/10/2016

Da redação

A Nissan inicia oficialmente as vendas do superesportivo GT-R no mercado brasileiro. Dessa forma, a marca reforça ainda mais o seu posicionamento de atrevimento atrelado a inovação e tecnologia japonesa, trazendo para o Brasil o que ela tem de mais avançado em performance e inovação. Um dos veículos de produção em série mais rápidos do mundo, o modelo que é um ícone reconhecido por bater recordes de tempo nas mais tradicionais pistas do mundo, é conhecido também como "Godzilla".  

O Nissan GT-R é produzido exclusivamente no Japão e será vendido no Brasil já em sua linha 2017, apresenta novidades no desenho, motor, suspensão e lista de equipamentos. Ele chega na versão 3.8 V6 Premium, com opções de cinco cores de acabamento interno. A sua comercialização também dá início no país a adoção do novo padrão mundial de estilo das concessionárias Nissan, que busca elevar a imagem da marca a um novo patamar de modernidade e qualidade, proporcionando uma experiência diferenciada para o cliente da empresa.

A estratégia de vendas do GT-R visa atender todo território nacional. O cliente que estiver interessado no modelo poderá contatar qualquer revenda da marca, independente da localização e estas os indicarão para a Nissan Carrera, que dará continuidade ao processo de venda. Como será oferecido sob encomenda, o modelo terá prazo previsto de entrega em média de três a quatro meses após a compra, com preço inicial de R$ 900 mil. O superesportivo japonês também está confirmado como uma das estrelas do estande da Nissan no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, em novembro.

Modelo 2017: ainda mais exclusivo

Lançada em julho deste ano, a linha 2017 do Nissan GT-R traz as alterações mais significativas do superesportivo desde o lançamento da atual geração. Com visual renovado tanto por fora quanto por dentro, o GT-R 2017 teve também os principais itens de performance da condução aprimorados, entre eles o chassi, que foi significativamente reforçado, e o motor biturbo V6 3.8 24 válvulas, que está mais potente.

O modelo exibe design externo totalmente renovado, que confere ao modelo uma pegada com mais estilo e permite que integre o grupo de superesportivos que se diferenciam pelo design. O grande destaque se encontra na frente, com capô e para-choques redesenhados, faróis de rodagem diurna (DRL) e a assinatura de estilo atual da Nissan na grade "V-motion", que traz acabamento cromado fosco. Seu formato sofisticado harmoniza de forma suave com o novo capô, cuja rigidez estrutural foi aumentada. Testes realizados mostraram que o novo design do capô aumenta consideravelmente a performance aerodinâmica na frente do veículo em velocidades mais elevadas (acima de 200 km/h).

Interior esportivo e sofisticado

 

Sofisticação: todos os itens de couro na cabine são costurados por um mestre artesão

Envolvido por uma lâmina contínua e sem costuras de couro (item opcional), o novo painel adota um "fluxo horizontal", proporcionando uma grande sensação de estabilidade para os ocupantes dos bancos dianteiros, enquanto a linha do quadro de instrumentos vai até o console central e confere um ambiente diferenciado, especialmente projetado para quem se senta atrás do volante. Seguindo todos os padrões de performance para o Nissan GT-R, a camada acolchoada encontrada sob o couro é constituída de um novo material, mais fino, para ajudar a reduzir o peso geral do veículo, ao mesmo tempo em que proporciona uma textura da mais alta qualidade. Além disso, todos os itens de couro encontrados na cabine são habilmente costurados por um mestre artesão.

O layout do painel central foi melhorado e simplificado. Em comparação com a versão anterior, o número de controles integrados de navegação e áudio foi reduzido de 27 para apenas 11 na linha 2017. O display e os controles do sistema de navegação foram posicionados ligeiramente abaixo no painel de instrumentos para facilitar o uso e melhorar a visibilidade tanto para o motorista como para o passageiro dianteiro.

Outros atributos de informação úteis ao usuário incluem o já conhecido mostrador multifuncional, que permite que o motorista customize o layout com os parâmetros e informações de performance do veículo que ele considera mais relevantes, como temperatura do líquido de arrefecimento, do óleo do motor e da transmissão, além da pressão do óleo do motor, da transmissão e do atuador de sobrepressão do turbo. A alavanca de câmbio tipo borboleta foi montada diretamente no novo volante (antes era fixa na coluna de direção), permitindo que o motorista selecione uma das seis marchas da transmissão com dupla embreagem (DCT) sem ter de tirar as mãos do volante para fazer uma curva, por exemplo.

Motor V6 biturbo

A potência do premiado motor biturbo V6 3.8 24 válvulas do GT-R foi aumentada em 20 cavalos em comparação à versão anterior. Agora, ele entrega 572 cavalos a 6.800 rpm, graças, em parte, ao aumento na pressão do atuador e a um sistema de temporização da ignição que é controlado individualmente por cada cilindro. As novas mudanças resultam em melhor aceleração em rotações médias (3.200 rpm ou superior), com rendimento máximo do torque disponível em uma faixa maior de utilização.